Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

'Inflação' da construção civil é a maior em 28 anos

Os produtos na construção civil registram, em maio, o maior patamar de inflação acumulada em 12 meses dos últimos 28 anos.

É o que aponta levantamento da Fundação Getulio Vargas (FGV), elaborado a partir do Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) de maio.

De acordo com André Braz, economista responsável pelo estudo, dentro do Índice de Preços ao Produtor-10 (IPA-10), material e equipamentos para construção, sem frete e sem impostos (porta de fábrica), atingiram inflação de 38,66% em 12 meses até maio.

Essa elevação foi recorde dentro do IGP-10, criado em 1993. Ao mesmo tempo, a inflação de material, equipamentos e serviços dentro do Índice Nacional de Custo da Construção (INCC-10) subiu para 30,86% em 12 meses até maio, também recorde.

Para especialistas, ocorreu uma espécie de “tempestade perfeita” de fatores que ajudam a puxar para cima os preços de produtos.

A inflação de itens na construção, hoje, é pressionada por disparada de preços de commodities minerais e metálicas usadas para matérias-primas de produtos no setor, dólar alto, aumento de demanda por projetos residenciais, com elevação de procura de material, alta em preço de fretes e dificuldades em importação de itens usados no setor, para suprir o mercado doméstico.

Matéria publicada na Grandes Construções