Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Setor de rodovias e obras de arte especiais é destaque nas contratações no mês de abril

Abril registrou aumento de 32% no número de licitações e de 20% no orçamento previsto, em comparação aos seis últimos meses. Ao todo, foram cadastrados 887 editais para atividades da arquitetura e engenharia consultiva com entrega no período. Desses, 599 tiveram os orçamentos estimados divulgados, que somados totalizaram R$ 896 milhões.

As informações são do relatório Mercado de Contratações Públicas para Arquitetura e Engenharia Consultiva – abril/2021.

O setor de destaque em abril foi o de Rodovias e Obras de Arte Especiais (OAEs), com a realização de 40 processos e R$ 204 milhões previstos. Cerca de dois terços desse valor foram distribuídos em apenas duas licitações: o edital do DNIT para a contratação dos serviços de fiscalização das ações de manutenção e restauração de rodovias no estado do Acre (R$ 71,4 milhões); e a licitação do Governo da Bahia para a fiscalização das obras do Sistema Rodoviário Ponte Salvador – Ilha de Itaparica (R$ 63,3 milhões).

Embora os editais de fiscalização e gerenciamento representem a maior parcela do orçamento dos editais para o setor de rodovias e OAEs, mais de 80% dos processos tiveram como escopo a elaboração de estudos e projetos. Um exemplo é o edital do Governo do Ceará, com valor estimado de R$ 24 milhões, para a contratação de projetos de pavimentação, readequação e restauração de rodovias em todo o Estado.

Também no período, a Secretaria de Infraestrutura e Mobilidade de Santa Catarina realizou 12 licitações para a contratação de projetos rodoviários em diversas regiões do Estado, com orçamento total de quase R$ 16 milhões.

O relatório Mercado de Contratações Públicas para Arquitetura e Engenharia Consultiva é elaborado pela ENGE Portal de Negócios de Engenharia. A divulgação mensal das informações é viabilizada por meio de parceria com o Sinaenco.

Matéria publicada no Sinaenco