Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

ABECE assume comissões que coordenam normas técnicas de pontes

Acordo entre ABNT (Associação Brasileira de Normas Técnicas) e ABECE (Associação Brasileira de Engenharia e Consultoria Estrutural) passa a dar mais agilidade à revisão das normas técnicas relacionadas a pontes, viadutos, passarelas, túneis e trincheiras (passagens inferiores). Desde maio de 2021, a ABECE incorpora as comissões ABNT/CE-002:125.005 (Comissão de Estudos de Projeto de Pontes de Aço e Mistas), ABNT/CEE-231 (Comissão de Estudo Especial de Pontes de Concreto Simples, Armado e Protendido) e ABNT/CE-002:126:10 (Comissão de Estudo de Estruturas de Madeiras). Essas comissões são responsáveis por manter atualizada a normalização relacionada com estruturas de pontes.

Segundo o vice-presidente de Tecnologia e Qualidade da ABECE, o engenheiro civil Túlio N. Bittencourt, a parceria com a ABNT atende a um dos propósitos da associação de engenheiros de estruturas, que é “a vocação e a responsabilidade de atuar fortemente nas normas de projetos de estruturas em geral”. “Dessa forma, é importante que haja um instrumento rápido para contínuo aprimoramento dessas normas.?As pontes se enquadram no contexto geral”, completa. Com a abrangência das comissões, a ABECE pode revisar e definir novas normas tanto para estruturas de concreto simples, armado e protendido quanto para construções em madeira, metálicas ou mistas.

O escopo compreende normas técnicas relacionadas com ações e cargas, projetos, execuções e inspeções, no que concerne à terminologia, requisitos e procedimentos de julgamento, métodos de ensaio de laboratório e campo, critérios de formação, certificação de pessoal e sustentabilidade. Por isso, explica Túlio N. Bittencourt, a ABECE atuará de forma integrada com a CEE-169 (Comissão de Estudo Especial de Serviços de Inspeções de Estruturas de Concretos) e as demais comissões da ABNT correlacionadas com estruturas de pontes. “Esta nova atividade reforça o constante trabalho no fortalecimento da normalização e no desenvolvimento e crescimento das boas condutas na engenharia estrutural brasileira”, reforça a diretoria da ABECE.

Veja as primeiras normas técnicas a serem revisadas dentro do novo formato

De acordo com Túlio N. Bittencourt, as normas de projeto de estruturas deverão ser incorporadas pouco a pouco pela ABECE. As que serão objeto imediato da associação são as seguintes:

– ABNT NBR 7187 (Projeto de pontes de concreto armado e de concreto protendido – Procedimento), que está em consulta pública até 9 de junho.
– ABNT NBR 7188 (Carga móvel rodoviária e de pedestres em pontes, viadutos, passarelas e outras estruturas).
– ABNT NBR 16694 (Projeto de pontes rodoviárias de aço e mistas de aço e concreto).
– ABNT NBR 7189 (Cargas móveis para projeto estrutural de obras ferroviárias), que foi recentemente cancelada.

A ABECE informa ainda que trabalhará em parceria com a comissão CEE-169 na revisão, e possível ampliação de escopo, da ABNT NBR 9452 (Inspeção de pontes, viadutos e passarelas de concreto – Procedimento), e com o CB-099 (Comitê Brasileiro de Qualificação e Certificação de Pessoas) para a criação de uma norma de certificação e qualificação de pessoal. Essa deverá ser similar à NBR 16230 (Inspeção de estruturas de concreto – Qualificação e certificação de pessoal – Requisitos) mas vai atender a inspeção de?estruturas metálicas, de madeira, de concreto simples e mistas (concreto armado, protendido e com reforço de materiais não convencionais).

Matéria publicada no Massa Cinzenta