Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

CBIC prevê crescimento de 5% a 10% do setor imobiliário este ano

Apesar dos efeitos devastadores da pandemia da Covid 19 na economia brasileira, o mercado imobiliário deverá crescer entre 5% e 10%  este ano, em comparação a 2019, previu o presidente da Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC),  José Carlos Martins.

“Vamos crescer, provavelmente, em dois dígitos em relação ao ano passado”, declarou Martins, ao participar do IV Painel Cooperativismo Financeiro, evento virtual promovido pelo Sicoob Engecred, que teve a participação do presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto.

O presidente da CBIC assinalou que a crise da pandemia, com o isolamento social e a conseqüente queda na demanda, acentuou a necessidade das empresas como um todo priorizarem a internet.  “A venda digital passou a ser uma realidade no dia a dia das empresas. Quando abrimos nossos números, percebemos o ganho de share das empresas mais estruturadas em relação às que não acreditaram que poderiam vender para o seu cliente de forma digital”, declarou.

Martins destacou a similaridade entre o perfil das empresas e produtos da indústria da construção com o perfil do agronegócio, semelhança que, segundo ele, traz boas expectativas com as soluções oferecidas pelo cooperativismo. “O agronegócio se desenvolveu muito fortemente em cima do modelo cooperativo e pensamos que a indústria da construção também pode trabalhar assim. Nosso modelo de crédito é mais detalhado, mais complexo; é preciso ter proximidade com o cliente. Ninguém melhor que o sistema cooperativo para ter esse entendimento”, afirmou o presidente da CBIC.

Matéria publicada na Agência CBIC