Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Entre Aspas: Construtoras aderem cada vez mais às boas práticas de ESG

A combinação das práticas de ESG (responsabilidade ambiental, responsabilidade social e boa governança corporativa) tem evoluído consideravelmente na indústria da construção.

É crescente o número de construtoras e incorporadoras que adotam boas práticas em sustentabilidade. Reabilitam os terrenos onde edificarão seus empreendimentos. Realizam uma gestão ambientalmente correta de seus resíduos. Escolhem sistemas eficientes de energia. Elegem sistemas de uso racional e reuso de água. Empenham-se em mitigar as emissões de gases de efeito estufa. Conquistam certificações como Procel, Leed e Acqua.

Há 21 anos, o SindusCon-SP vem capacitando as construtoras nesta área, e tem contribuído com os governos nas políticas que estimulam uma construção sustentável. Estas ações se pautam por buscar sempre soluções tecnicamente e economicamente viáveis, que beneficiem o meio ambiente e proporcionem economia de recursos financeiros para as construtoras e os usuários dos empreendimentos.

No campo social, a indústria da construção responde pela inclusão de uma grande diversidade de pessoas, boa parte com baixo nível de instrução. Nas obras, as modernas técnicas construtivas requerem profissionais cada vez mais qualificados. Por isso, multiplicam-se os cursos de formação e aperfeiçoamento, dando oportunidades a um expressivo contingente de trabalhadores de se aperfeiçoarem e ascenderem profissionalmente.

Além disso, é marcante a preocupação com a saúde e a segurança dos envolvidos em atividade de risco. Todas as Normas Regulamentadoras são respeitadas e objeto de treinamentos constantes. O esforço em mitigar perigos e usar corretamente os equipamentos de proteção individual criou uma disciplina entre os colaboradores. Graças a ela, as medidas de proteção à Covid-19 nos canteiros de obras têm sido escrupulosamente respeitadas, com índices mínimos de contaminação.

É crescente a participação de mulheres nas obras, nas mais diversas qualificações. O SindusCon-SP, em parceria com entidades como o Senai-SP e o Seconci-SP (Serviço Social da Construção), tem proporcionado cursos e eventos que destacam a importância da igualdade de direitos, valorização e oportunidades em termos de gênero, raça, etnia, orientação sexual e pessoas com deficiências.

No campo da governança, os modelos de gestão da construção precisam levar em conta uma forte aderência à legislação e um relacionamento transparente com fornecedores, acionistas, financiadores, clientes, governos e o público em geral. Estruturas de governança e compliance asseguram a ética nos negócios e previnem corrupção. Protocolos detalhados mantêm boas práticas de prestação de contas.

O SindusCon-SP também capacita suas construtoras, atualizando-as com as novidades gerenciais, tributárias e legislativas, como o respeito à Lei Geral de Proteção de Dados e os modelos de gestão que elevem o compliance e a produtividade do negócio.

O material é a integra da edição da Coluna Entre Aspas do SindusCon-SP publicada exclusivamente no jornal O Estado de S. Paulo no dia 23 de abril de 2021.