Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Guedes: pode haver um boom de 10 anos na construção civil com juro baixo

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que pode haver um “boom” de uma década na construção civil a partir do momento atual de juros baixos.

Segundo ele, o setor contratou 5 mil pessoas, o que já seria indicativo do processo de retomada após o momento mais crítico da pandemia. “Está havendo, eu diria, um boom na construção civil”.

O ministro destacou que as classes de baixa renda poderão conquistar a casa própria com os juros baixos. Ele estimou que 1 milhão a 2 milhões de consumidores poderão entrar nesse mercado.

Ao Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, disse que a redução dos juros dos financiamentos à classe média está nos planos do governo na reformulação do Minha Casa, Minha Vida, que passará a se chamar “Casa Verde Amarela”.

O boom da construção foi citado por Guedes, durante evento promovido pela XP Investimentos, como parte dos “números muito interessantes” que mostram, segundo o ministro, a retomada da economia.

“Economistas do FMI falaram em queda de quase 10% (do PIB), eu sabia que não tinha validade. Agora estão revendo, alguns falam em queda de 6%, outros 4%”, disse Guedes.

“(A retomada) Não é um V em que volta com mesma velocidade com que caiu, foi um meteoro que caiu sobre nosso universo. É um V da Nike”, afirmou.

O ministro também sinalizou com o compromisso de controle de gastos por meio do teto, mecanismo que limita o avanço das despesas à inflação, e ressaltou que “o que inchou este ano (de despesa) recua no ano que vem”.

Segundo ele, quem vai destravar o investimento brasileiro é o setor privado, e mudanças regulatórias ajudarão a tornar o ambiente mais atrativo a esses investimentos, como a mudança do regime de partilha para concessão em leilões de áreas de exploração de petróleo.

Matéria publicada na IstoÉ Dinheiro