Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Nos EUA, pré-fabricados e pré-moldados têm uso ilimitado

O Precast/Prestressed Concrete Institute (PCI), equivalente norte-americano à Abcic (Associação Brasileira da Construção Industrializada do Concreto), elegeu recentemente as 25 melhores obras do biênio 2019/2020 em pré-fabricado e pré-moldado dos Estados Unidos, além de 5 menções honrosas. Para o presidente do organismo, Bob Risser, a premiação mostra que a versatilidade da construção industrializada nos EUA já está ao alcance de todos os tipos de projetos. “O concreto pré-moldado não é apenas uma solução prática para muitos desafios de construção, mas também uma solução estética”, diz.

Entre os premiados pelo PCI estão o museu da Estátua da Liberdade, em Nova York, e o monumento às vítimas do voo 93, de 11 de setembro de 2001, que caiu na Pensilvânia após os passageiros entrarem em confronto com terroristas dentro da aeronave. Uma ponte, um hospital, um edifício-garagem, prédios residenciais e outras obras completam o amplo espectro de atuação da construção industrializada nos Estados Unidos. O segmento, aliás, está cada vez mais vinculado a projetos que utilizam a modelagem BIM e conceitos de obra sustentável.

Entre as construções eleitas pelo PCI, duas se destacam: o museu da Estátua da Liberdade e a ponte Marc Basnight, na Carolina do Norte. No caso do museu de 4.650 m2, o concreto pré-fabricado atendeu os requisitos de conforto térmico solicitados no projeto e também viabilizou a instalação de um telhado verde sobre a edificação. Outro fator que influenciou é que instalar um canteiro de obras na ilha onde se encontra a estátua seria muito desafiador e caro. Optou-se, então, por transportar as peças pré-moldadas através de embarcações e montá-las na área em que seria construído o museu.

Estruturas capazes de suportar furacões e fortes correntes marítimas

Foram 347 elementos, montados em 6 meses. A estrutura da edificação foi projetada para suportar furacões e inundações na ilha. No subsolo do museu há 84 compartimentos retangulares de concreto para receber águas de enchentes e expeli-las por bombeamento. “Após o furacão Sandy [que atingiu a costa leste dos EUA em 2012] calculamos as estruturas para suportar os mais rigorosos fenômenos climáticos em 500 anos”, explica o projetista Dan Piselli, que complementa sobre o sucesso da obra: “Só uma solução com pré-fabricados de concreto permitiu viabilizar esse projeto.”
Quanto à ponte Marc Basnight, ela corta o canal Oregon Inlet, conhecido por suas correntes marítimas que mudam constantemente e pelos ventos fortes. Por isso, suas 669 estacas de concreto pré-moldado estão a 40 metros abaixo do fundo do mar. A obra foi projetada para ter vida útil mínima de 100 anos e sua construção envolveu o uso de 1.459 elementos, com comprimentos que variam de 25 metros a 106 metros. Com 4,5 quilômetros de extensão, a ponte é considerada a terceira maior superestrutura de concreto industrializado da América do Norte. Seu custo foi de 252 milhões de dólares.

Principais projetos vencedores do PCI Design Awards 2020
•    Museu da Estátua da Liberdade, em Nova York
•    Ponte Marc Basnight, na Carolina do Norte
•    Teatro da Murphysboro High School, em Illinois
•    Centro médico Mount Sinai, em Miami-Flórida
•    Edifício-garagem St. Armands, em Sarasota-Flórida
•    Memorial ao Voo 93, na Pensilvânia
•    Biblioteca pública de Wichita-Kansas
•    Hotel Indigo, em Madison-Wisconsin
•    Edifício residencial 1323 Morse Avenue, em Chicago
•    Edifício corporativo Millwright Building, em Minneapolis
•    Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, em Tucson-Arizona
•    Estádios de beisebol SunTrust Park, em Atlanta
•    Prédio do Júri de Nashville, no Tennessee

Matéria publicada no Massa Cinzenta