Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Segue baixo o percentual de contaminação por Covid-19 nos canteiros 

Os casos suspeitos de contaminação pelo novo coronavírus nos canteiros de obras seguem reduzidos, de acordo com as construtoras entrevistadas na 12ª Pesquisa “Conhecendo as Ações das Construtoras Paulistas no Combate à Covid-19”, que completou três meses. 
 
Mesmo assim, permanece a preocupação com a manutenção das medidas adotadas em favor da saúde dos trabalhadores. O fato de muitos terem até 29 anos de idade e estarem mais expostos a aglomerações em bares e encontros de fim de semana é uma preocupação que até a Organização Mundial de Saúde expressou nesta semana, comentam os presidentes do SindusCon-SP, Odair Senra, e do Seconci-SP, Haruo Ishikawa. 
 
Os dirigentes recomendam que haja conscientização sobre esta questão nos Diálogos Diários de Segurança e reforçam a necessidade de vigilância constante para a observância das medidas nos canteiros. 
 
Nesta 12ª rodada, foram obtidas respostas de 39 empresas, responsáveis por 468 obras, envolvendo 30.539 empregos diretos e terceirizados, de 23 a 29 de julho. 
 
Principais resultados da 12ª Pesquisa: 
•    2,7% afastados por suspeita de Covid-19;  
•    1% afastados por confirmação da doença;  
•    463 obras em andamento e 5 paradas;  
•    94% do pessoal estão em atividade;  
•    100% das empresas adotam medição de temperatura e higienização das mãos, dão orientações diárias sobre prevenção, higienizam e realizam demarcações em áreas de vivência, fornecem máscaras para o transporte e afixam informativos impressos sobre a Covid-19 nos locais de circulação;  
•    97% fornecem máscaras para utilização na obra, realizam limpeza dos Equipamentos de Proteção Individual e orientam a respeito, e instituem horários escalonados para entrada, saída e refeições; 
•    92% distribuem informativos eletrônicos de orientação e realizam outras práticas para a prevenção da contaminação entre os trabalhadores e a comunidade.  

Matéria publicada no Sinduscon-SP