Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Editorial - 14ª Newsletter - Edição Especial 6

Prezados Associados,

Apesar de já existirem casos detectados de COVID-19 nos canteiros de obras, o índice é muito pequeno quando comparado ao contingente de trabalhadores, o que demonstra que os cuidados sanitários recomendados são fundamentais. Por esta razão, não devemos medir esforços não só para implementá-los como também para que efetivamente sejam cumpridos.

A primeira matéria dessa newsletter especial mostra que o setor da construção continua mantendo um ritmo de obras na casa de 88%, com uma rotina de segurança na obra ampliada desde agravamento da crise do coronavírus no Brasil. Além disso, outra reportagem informa que empresários da construção civil começaram a comprar testes para seus trabalhadores e o que o Seconci-SP já adquiriu 6.000 testes rápidos de sorologia.

Em relação ao setor no pós-crise, as incertezas e falta de previsibilidade bem como os números preocupam. Ademais, se observam distintas estratégias de construtores e empresas para driblar a crise sem precedentes.

Nesse sentido, a matéria sobre a análise mensal do SindusCon-SP e da FGV/Ibre mostra que somente é possível dizer que não haverá mais crescimento em 2020, como era projetado anteriormente. Em abril, mesmo sem todos os números consolidados do primeiro trimestre, já se sabe que a epidemia mundial da Covid-19 alterou todas as projeções realizadas anteriormente, tanto para o cenário externo quanto doméstico.

Mesmo diante desse cenário, o mundo vem se preparando para esse pós-crise. Na matéria referente a reunião do Deconcic, o economista Fernando Garcia Freitas ressaltou a importância do investimento em obras de edificações e infraestrutura para a recuperação econômica. Essa avalição também esteve em outras matérias publicadas em newsletters anteriores. Em termos globais, o Banco Mundial destacou um grupo de engenheiros civis e arquitetos para mapear projetos que terão prioridade no mundo após o fim da pandemia de coronavírus.

Um abraço a todos!

Iria Lícia Oliva Doniak

Presidente Executiva