Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Governo lança programa para incentivar geração de emprego e renda

Crédito: Carolina Antunes/PR

No dia 11 de novembro, o governo federal promoveu o lançamento do Programa Verde e Amarelo, cujo objetivo é incentivar a qualificação profissional e a geração de emprego e renda. A expectativa do governo é que a iniciativa, consiga gerar ao longo de três anos, cerca de 4,5 milhões de empregos. A solenidade de lançamento do programa contou com a presença da Abcic, representada por sua presidente executiva, a engenheira Íria Doniak, que também representou o Departamento da Indústria da Construção e Mineração da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Deconcic/FIESP). Íria é diretora do Deconcic, que reúne mais de 100 entidades da cadeia produtiva em todos os seus elos. Sua missão é apresentar uma agenda propositiva para fortalecer a indústria da construção e o investimento nas áreas de desenvolvimento urbano e infraestrutura econômica.

O programa lançado pelo governo é destinado para jovens em busca de inserção no mercado de trabalho, de trabalhadores desempregados cadastrados no banco de dados do Sistema Nacional de Emprego e de pessoas inscritas no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal. Também é direcionado para os trabalhadores empregados em ocupações que sofrem com a diminuição das vagas de trabalho devido a modernização tecnológica e outras formas de reestruturação produtiva. Para esse público devem ser oferecidos mecanismos para a requalificação ou a recolocação no mercado de trabalho.

A qualificação dos profissionais se dará por meio de um sistema de vouchers para a participação em processos de formação. Os vouchers são vagas de qualificação oferecidas sem custo para os trabalhadores e que serão utilizadas para que as empresas treinem seus empregados e novos contratados em áreas e competências que realmente são necessárias para as companhias.

Segundo o Planalto, o decreto que institui a Estratégia Nacional de Qualificação para a Produtividade e o Emprego do governo federal visa "promover, em larga escala, com a ajuda de parceiros públicos e privados, uma qualificação profissional alinhada com as demandas reais dos setores produtivos e com o futuro para elevar a empregabilidade e a produtividade além de difundir conhecimento e tecnologia".

Com informações da Agência Brasil