Associação Brasileira da Construção

Industrializada de Concreto

Simpósio Internacional debate prevenção de acidentes com quedas de altura

O Instituto Trabalho e Vida promoveu, em parceria com a Associação Brasileira para Prevenção de Acidentes (ABPA) e o Serviço Social da Construção Civil do Estado de São Paulo (Seconci-SP), o Simpósio Internacional de Prevenção de Acidentes com Quedas de Altura. Realizado nos dias 19 e 20 de setembro, contou com a apresentação da engenheira Íria Doniak, presidente executiva da Abcic, sobre o Manual de Montagem das Estruturas Pré-Moldadas de Concreto, recém-lançado pela associação. 

Íria enfatizou a importância da publicação, como uma importante ferramenta para consulta e para orientação de profissionais e técnicos de segurança do trabalho, que atuam em obras que envolvam o pré-fabricado de concreto. 

Ela destacou os principais pontos dos sete capítulos, que compõem o Manual - Planejamento da montagem, Carga e descarga, Montagem, Tolerâncias relativas à montagem, Projetos, Segurança na montagem e Ferramentas de gestão da montagem e qualidade. “O planejamento visa principalmente prever situações que possam afetar a segurança dos envolvidos, garantir a integridade da estrutura, manter o cronograma proposto, garantir o custo da obra e alcançar a satisfação do cliente”. 

O Simpósio teve como objetivo promover a discussão sobre o entendimento da NR 35 – trabalho em altura, bem como sobre normas e regulamentos correlatos nacionais e internacionais, obstáculos para implementação e boas práticas nos diferentes ramos de atividade. “Diante da predominância de acidentes com queda de altura, hoje o segundo fator de acidentes fatais, torna-se necessário a prática de uma gestão voltada a prevenir e mitigar este tipo de acidente”, disse Rafael Castelhano, coordenador do Instituto Trabalho e Vida, para a Agência CBIC. A programação do evento contou com a apresentação de cases do setor alimentício, de saúde, máquinas, energia eólica, novas tecnologias, plataformas de petróleo, da construção, concessionárias de portos e aeroportos e do setor de distribuição de energia elétrica.